quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Se Deus Criou Tudo, Quem Criou Deus?

  
Quem criou Deus? É uma velha questão que tem atormentado a todos aqueles que gostam de pensar sobre grandes questões. Tendo crescido como um agnóstico não-cristão, isto me proveu com uma razão potencial do porque não pode haver qualquer deus. Várias religiões tendem a resolver o problema de maneiras diferentes. A Igreja SUD (Mormonismo) diz que o Deus (Elohim) a quem devemos prestar contas teve um deus pai, então cresceu em um planeta como um homem, e evoluiu para se tornar ele mesmo um deus. Muitas outras religiões têm alegado que os deuses geram outros deuses. Claro que o problema com esta idéia é: como é que o primeiro deus chegou aqui? Este problema de regressão infinita invalida tais religiões. O cristianismo afirma que Deus sempre existiu. É essa idéia mesmo possível? Será que a ciência aborda estas questões?

A Resposta do Cristianismo
O cristianismo responde à pergunta de quem criou Deus no primeiro versículo do primeiro livro, Gênesis:

“No princípio criou Deus os céus e a terra.” (Gênesis 1:1)
Este versículo nos diz que Deus estava agindo antes do tempo quando Ele criou o universo. Muitos outros versículos do Novo Testamento nos dizem que Deus estava agindo antes do tempo começar, e assim, Ele criou o tempo, junto com as outras dimensões do nosso universo:
 ”Não, falamos a sabedoria de Deus oculta em mistério, a qual Deus ordenou antes dos séculos para nossa glória.” (1 Coríntios 2:7)
 “Esta graça nos foi dada em Cristo Jesus desde os tempos eternos.” (2 Timóteo 1:9)
 “na esperança da vida eterna, a qual o Deus que não mente prometeu antes dos tempos eternos.” (Tito 1:2)
 “Ao único Deus, nosso Salvador, por Jesus Cristo nosso Senhor, glória, majestade, domínio e poder, antes de todos os séculos, e agora, e para todo o sempre. Amém.” (Judas 1:25)
A idéia de que Deus criou o tempo, juntamente com o universo físico, não é apenas uma moderna interpretação cristã da Bíblia. Justino Mártir, um apologista cristão do segundo século, em seu discurso exortativo aos gregos, disse que Platão tinha a idéia de que o tempo fora criado junto com o universo de Moisés:
“E de que fonte Platão teria retirado a informação de que o tempo foi criado junto com os céus? Pois ele assim escreveu: ’O tempo, portanto, foi criado junto com os céus, a fim de que, surgindo juntos, eles também pudessem ser dissolvidos em conjunto, se alguma vez a sua dissolução ocorrer.’ Não teria ele aprendido isso a partir da história divina de Moisés?” (Justin Martyr. Hortatory Address to the Greeks, Chapter 33. Quoted from Plato’s Timaeus Part 1).
Deus existe na eternidade atemporal
Como Deus atuando antes da criação do tempo contorna o problema da criação de Deus? Existem duas possíveis interpretações destes versos. Uma delas é que Deus existe fora do tempo. Uma vez que vivemos em um universo de causa e efeito, nós naturalmente assumimos que esta é a única maneira em que qualquer tipo de existência pode funcionar. No entanto, a premissa é falsa. Sem a dimensão do tempo, não há causa e efeito, e todas as coisas que poderiam existir em tal esfera não teriam necessariamente de serem causadas, mas sempre existiram. Portanto, Deus não tem necessidade de ser criado, mas, na verdade, criou a dimensão de tempo do nosso universo, especificamente por uma razão - para que a causa e o efeito existissem para nós. No entanto, desde que Deus criou o tempo, causa e efeito nunca se aplicam a Sua existência.
Deus existe em múltiplas dimensões de tempo
A segunda interpretação é que Deus existe em mais de uma dimensão de tempo. Coisas que existem em uma dimensão de tempo são restritas a seta do tempo e estão confinadas a causa e efeito. No entanto, duas dimensões de tempo formam um plano de tempo, que não tem começo nem fim e não se restringe a qualquer direção específica. Um ser que existe em pelo menos duas dimensões do tempo pode viajar para qualquer lugar no tempo e nunca teve um começo, já que um plano de tempo não tem nenhum ponto de partida. Uma ou outra interpretação nos leva à conclusão de que Deus não tem necessidade de ter sido criado.
Por que o universo não pode ser eterno?
A idéia de que Deus pode ser eterno nos leva à idéia de que talvez o universo seja eterno, e, portanto, Deus não precisa existir. Na verdade, essa era a crença predominante de ateus antes dos dados observacionais do século 20 refutarem fortemente a idéia de que o universo era eterno. Este fato apresenta um grande dilema para os ateus, uma vez que um universo não-eterno implica que ele deve ter sido causado. Talvez Gênesis 1:1 esteja correto! Não consternados pelos fatos, os ateus tem inventado um pouco de “ciência” metafísica que tenta justificar a existência de Deus. Assim, a maioria dos cosmólogos ateus acredita que nós vemos apenas a parte visível “de um multiverso” muito maior, que aleatoriamente cospe universos com diferentes parâmetros físicos.1 Como não há provas que sustentam esta idéia (nem pode haver, de acordo com as leis do universo), isto é realmente apenas um “deus” substituto para os ateus. E, uma vez que este ”deus” não é inteligente, por definição, requer uma hipótese complexa, que seria descartada, se usarmos a navalha de Occam, que diz que se deve usar a mais simples explicação lógica para qualquer fenômeno. Design inteligente proposital do universo faz muito mais sentido, especialmente com base no que sabemos sobre o design do universo.
O que a ciência diz sobre o tempo?
Quando Stephen Hawking, George Ellis, e Roger Penrose ampliaram as equações da relatividade geral para incluir o espaço e o tempo, os resultados mostraram que o tempo tem um começo – no momento da criação (ou seja, o Big Bang) .2 Na verdade, se você examinar websites de universidades, você vai descobrir que muitos professores fazem tal afirmação - que o universo teve um começo e que este início marcou o início do tempo. Tais afirmações apoiam a alegação bíblica de que o tempo começou na criação do universo.
Conclusão
Deus não precisa ter sido criado, já que Ele existe tanto fora do tempo (onde causa e efeito não funcionam) ou dentro de múltiplas dimensões de tempo (de forma que não há nenhum princípio do plano de tempo de Deus). Portanto, Deus é eterno, sem nunca ter sido criado. Embora seja possível que o próprio universo seja eterno, eliminando a necessidade de sua criação, a evidência observacional contradiz esta hipótese, já que o universo começou a existir a finitos 13,7 bilhões de anos. A única saída possível para o ateu é a invenção de uma espécie de super universo, que nunca pode ser confirmado experimentalmente (por isso é metafísico na natureza, e não científico).
Referências
1. ”Desconfortável com a idéia de que os parâmetros físicos como lambda [constante cosmológica] são acidentes simplesmente afortunados, alguns cosmólogos, incluindo Hawking, sugeriram que tenha havido um número infinito de big bangs, saindo em um grande’multiverso’, cada um com valores diferentes para esses parâmetros. Apenas os valores que são compatíveis com a vida podiam ser observado por seres como nós ” (Glanz, J. 1999. AMERICAN PHYSICAL SOCIETY MEETING: Hawking Blesses the Accelerating Universe. Science 284: 34-35).
2. ”A conclusão desta palestra é que o universo não tem existido sempre. Pelo contrário, o universo, e o próprio tempo, tiveram um começo no Big Bang, cerca de 15 bilhões de anos atrás.” Stephen Hawking The Beginning of Time.
Penrose, R. 1966. Uma análise da estrutura do espaço-tempo. Adams Essay Prize,Cambridge University.
Hawking, S.W. 1966. Singularidades ea geometria do espaço-tempo. Adams Essay Prize, Cambridge University.
Hawking, S.W. e G.F.R. Ellis. 1968. A radiação de corpo negrocósmica e a existência de singularidades em nosso universo. Astrophysical Journal 152: 25-36.
Hawking, S.W. e R. Penrose. 1970. As singularidades de colapso gravitacional e cosmologia. Proceedings of the Royal Society of London. Série A: 529-548.
Artigo extraído do site God And Science. Crédito da Tradução: Blog Sétimo dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, anúncio ou sujestão para melhoria do nosso blog. Abraço!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...