quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Reflexão

Pra tudo existe um jeito
pro erro existe uma chance
pro pecado existe o perdão
pra tristeza existe os amigos
pro medo existe o amor
para todos os momentos existe DEUS.


Ame o que você tem,
antes que a vida lhe ensine
a amar o que você tinha.


Quando a porta da felicidade se fecha,
 outra porta se abre. Porém, estamos
tão presos àquela porta fechada que
 não somos capazes de ver o novo
caminho que se abriu.

Erros podem ser perdoados. Atitudes podem
ser repensadas. Mas algumas palavras
 poderão nunca ser esquecidas.
____________________________________
Fonte do Texto: Luisplay.com
Fonte da Imagem: Lucianoeeu.com
Personagem: Lays Froes
____________________________________

3 comentários:

  1. MC.DS7@HOTMAIL.COM6 de setembro de 2012 06:27

    "Foi-me mostrado que os guardadores do sábado como um povo
    trabalham demasiado arduamente sem se permitirem variação ou
    períodos de repouso. A recreação é necessária aos que estão
    empenhados em trabalho físico e mais necessária ainda àqueles
    cuja atividade é principalmente mental.

    Não é essencial para a nossa salvação, nem para a glória de
    Deus, conservar a mente em atividade constante e excessiva,
    mesmo que seja sobre assuntos religiosos.

    O tempo despendido em exercícios físicos não é perdido. O
    exercício proporcional de todos os órgãos e faculdades do corpo
    é essencial para o melhor trabalho de cada um. Quando o cérebro
    está constantemente sobrecarregado enquanto os outros órgãos da
    maquinaria viva ficam inativos, há uma perda de força, tanto
    física quanto mental. O sistema físico é lesado em seu tono
    saudável, a mente perde sua frescura e vigor, e o resultado é
    uma excitabilidade mórbida.

    É preciso revelar cuidado no que respeita à regularidade das
    horas de sono e de trabalho. Precisamos ter períodos de
    descanso, de recreação e de contemplação. Os princípios de
    temperança tem mais vasto alcance do que muitos pensam.

    No passado, a vida era mais simples. O povo vivia junto à
    natureza. Os filhos participavam do trabalho dos pais, e
    estudavam as belezas e mistérios do tesouro da natureza. Na
    tranqüilidade do campo, consideravam as grandes verdades,
    transmitidas como um sagrado depósito, de geração em geração.
    Tal ensino produzia pessoas fortes." (ELLEN G. WHITE)

    Para maiores referências, consultar O LAR ADVENTISTA, página
    494; FUNDAMENTOS DA VIDA CRISTÃ, página 418; VIDA EM FAMÍLIA,
    página 197. Todas as obras foram escritas por Ellen G. White e
    editadas pela Casa Publicadora Brasileira...

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo texto!!! Se quiser que eu publique no blog me mande pelo e-mail: lucianoeeu@hotmail.com. UM MEGA Abraço!!!

    ResponderExcluir
  3. "Embora Deus tivesse favorecido os judeus sobre todas as outras
    nações, ainda assim, rejeitando a luz e não vivendo segundo sua
    profissão, não seriam mais exaltados em Sua estima do que as
    demais nações. Aqueles que, entre os gentios, à semelhança de
    Cornélio, temessem a Deus e operassem a justiça, vivendo
    segundo a luz que lhes foi concedida, seriam bondosamente
    considerados por Deus, e suas sinceras práticas seriam aceitas.

    Contudo a fé e a justiça de Cornélio não seriam perfeitas sem o
    conhecimento de Cristo; por isso Deus lhe enviou luz e
    conhecimento para posterior desenvolvimento de seu justo
    caráter. Muitos recusam receber a luz que a providência de Deus
    lhes envia, e como desculpa por assim fazer, citam as palavras
    de Pedro a Cornélio e seus amigos: 'Pelo contrário, em qualquer
    nação, aquele que O teme e faz o que é justo Lhe é aceitável.'

    Sustentam que não tem importância o que os homens creiam, uma
    vez que suas obras são boas. Tais pessoas estão enganadas; a fé
    e as obras devem estar unidas. Eles devem progredir com a luz
    que lhes é dada. Se Deus os coloca em associação com Seus
    servos que receberam nova verdade, confirmada pela Palavra de
    Deus, devem aceitá-la com alegria. A verdade é progressiva e
    ascendente.

    Se você se entregar a Ele e O aceitar como seu Salvador, será
    considerado justo por Sua causa, por mais cheia de pecado que
    tenha sido sua vida. O caráter de Deus substituirá seu caráter,
    e você será aceito diante de Deus exatamente como se não
    houvesse pecado. E ainda mais, Cristo mudará o coração e pela
    fé irá morar nele.

    Assim como o sepultamento vem após a morte da pessoa, assim
    quando o crente submerge nas águas, é sepultada a velha vida de
    pecados, que deixou de existir a partir do momento que ele
    aceitou a Cristo.

    Se alguém que diariamente comunga com Deus se desvia do
    caminho, se por um momento deixa de olhar firmemente para
    Jesus, não é porque peque deliberadamente; pois quando percebe
    seu erro, dá meia-volta e fixa os olhos em Jesus; e o fato de
    ter errado não o torna menos querido ao coração de Deus. Sabe
    que tem comunhão com o Salvador; e quando é repreendido por seu
    erro em alguma questão de julgamento, não anda mal-humorado,
    nem se queixa de Deus, mas transforma seu erro em uma vitória.
    Aprende uma lição das palavras do Mestre, e toma cuidado para
    não ser enganado novamente." (ELLEN G. WHITE)

    Para maiores referências, consultar HISTÓRIA DA REDENÇÃO,
    páginas 288 e 289; NISTO CREMOS, página 255; CAMINHO A CRISTO,
    página 62; E RECEBEREIS PODER, página 134. Todas as obras foram
    escritas por Ellen G. White e editadas pela Casa Publicadora
    Brasileira...

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, anúncio ou sujestão para melhoria do nosso blog. Abraço!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...