segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Oficias de TI alemães acreditam que Windows 8 favorece espionagem dos EUA

Aos poucos, vários governos do mundo começam a responder às possibilidades e comprovações de que são espionados pelo governo dos Estados Unidos. Desta vez, documentos vazados do governo da Alemanha dão conta de que oficiais de tecnologia da informação daquele país acreditam ser perigoso usar o Windows 8.

O material, obtido pelo site alemão Zeit Online, afirma que os oficiais germânicos estão preocupados com a possibilidade de o Windows 8 conter uma back door, uma função oculta, digamos assim, capaz de favorecer a espionagem dos EUA.

De forma mais específica, a preocupação gira em torno de como o sistema operacional da Microsoft interage com o Trusted Plataform Modules (TPMs), método de segurança aplicado nas máquinas com o Windows 8. Segundo a publicação, uma vez que as máquinas sejam atualizadas com o TPM 2.0 em 2015, não haverá como desativá-lo.

“Simplesmente não há um jeito de dizer exatamente o que a Microsoft faz com o seu sistema por meio de atualizações remotas”, garantem os pesquisadores alemães. Eles sugerem que as máquinas com o TPM 2.0 poderiam sofrer a perda do controle sobre a tecnologia da informação, o que tornaria “a segurança orientada aos princípios de ‘confidencialidade’ e ‘integridade’ inatingível”.

Por outro lado, ainda segundo o Zeit Online, os especialistas do governo alemão garantem que usar a versão anterior do Windows 8, o Windows 7, continuará seguro até o final da década, em 2020.



Windows 8 é banido do maior site sobre overclocks e benchmarks da internet

Existem vários sites na internet que guardam registros de benchmarks de overclocks feitos por usuários, auxiliando quem quer tirar maior proveito de suas máquinas. O HWBot, maior site desse gênero, acabou de anunciar o banimento de todos os resultados de testes feitos com o sistema operacional Windows 8.

De acordo com o site, a desqualificação de resultados de benchmark com o Windows 8 aconteceu devido a um problema com o RTC (real-time clock), que serve como base para diversas ferramentas de benchmark.

Em quase todas as máquinas atuais, existe um relógio interno que ajuda o computador a manter noção do tempo mesmo quando está desligado. O que foi descoberto é que a Microsoft alterou a maneira como o Windows 8 mantém essa noção de tempo. Isso possivelmente foi feito para que o sistema tenha compatibilidade com hardwares sem o RTC.

Como essa alteração era feita via software, isso muda de maneira sensível a forma como o Windows 8 mantém a noção de tempo. Essa mudança acaba afetando os benchmarks postados nos sites. Como o HWBot tem um sistema de ranking para os usuários com os melhores testes, a única opção foi desclassificar todos os benchmarks feitos com o Windows 8.

Até o momento, a Microsoft não se pronunciou sobre o banimento, que poderia ser resolvido com uma atualização no sistema operacional. Por enquanto, se você pretende tirar maior proveito do seu PC e quer ter resultados mais assertivos em benchmarks, a solução é continuar com o Windows 7 até surgir uma atualização do seu sucessor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião, anúncio ou sujestão para melhoria do nosso blog. Abraço!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...